Arquivo da categoria: Chá Preto

Twinings Earl Grey

Twinings Earl Grey

Twinings Earl Grey

 

Descrição: Chá preto aromatizado com Bergamota
Origem: Reino Unido

Ingredientes:
Chá preto: 97%
Aromas: 3%

Tempo de infusão: 3 a 5 minutos
Preço: R$ 17,07 com 25 sachets

Os Earl Grey são de longe os meus preferidos. Desde que consigo me lembrar. Já tinha algum tempo que eu não comprava o clássico Earl Grey da Twinings, uma heresia, confesso.  Aproveitando a excelente disponibilidade da linha Twinings no empório aqui perto do escritório, dei uma renovada no meu pool de chás e, consequentemente, adquiri material novo e alguns bons motivos para ressucitar o meu blog.

As últimas caixas de Earl Grey da Twinings que eu ainda tinha ainda eram do sabor anterior, antes da reformulação da embalagem e da fórmula. Não me perguntem quando esta reformulação aconteceu, não sei dizer. Sei que foi para pior.

OK, nenhum chá que carregue o nome “Earl Grey” pode ser totalmente ruim. Até quando é ruim, é bom. O problema é que quando se trata de um Twinings, a expectativa é grande, e a reformulação feita realmente deixou a desejar.

Após infusão de 3 minutos, o mínimo recomendado na embalgem , a cor é de média para escura, quase a cor de um Cognac envelhecido, brilhante, dá a impressão de um chá possante e encorpado. Engana muito bem.

O chá  tem mais cor do que copro, que é de leve para médio, causando até que alguma satisfação. O paladar, apesar de encher a boca, é plano e sem nenhuma nota perceptivel, um chá preto simples. A bergamota aparece com uma acidez leve nos lados da língua, agradável, e também em um retrogosto timido, de um cítrico apagado e que passa rápido.

O aroma, assim como a cor, é melhor que a performance do chá. Um aroma de pouca potência, alguma coisa de fermento ou pão fresco muito, muito de leve, com a bergamota aparecendo em um cítrico suave, mais pronunciado, mais agudo do que o sabor.

A reformulação feita pela Twinings é muito inferior à versão anterio, que era mais encorpada, com sabor mais cheio, até maltado, com os aromas de bergamota mais proeminentes, mais adstringente, com um retrogosto persistente, que era o meu “benchmark” para todos os Earl Grey.

Deixou a desejar. Em um comparativo rápido de custo-benefício, o Earl Grey da Casino, que está por menos de 5 reais, acaba sendo mais negócio.

3 Comentários

Arquivado em Chá Preto

Lipton Yellow Label

Descrição: Chá preto
Origem: Manufaturado no Chile, com chás vindos do Kenya e da Indonésia

Ingredientes: 100% Camellia Sinensis

Tempo de infusão: 1 a 2 minutos

Preço: Não disponível no Brasil

Dos chás produzidos em massa, este sem dúvida é o mais conhecido de todos e, apesar de o rótulo amarelo da Lipton estar presente em todo o mundo, nem sempre encontramos este produto em especial que, na minha humilde opinião, é simplesmente fantástico.

Em uma viagem relativamente recente à Buenos Aires comprei algumas caixas, de origem Chilena feitas com chás vindos da Indonésia e do Kenya, como descrito acima, em uma farmácia em Puerto Madero. Procurei a cidade inteira por mais caixinhas destas, mas não as encontrei. Como cheguei no último saquinho da última caixa, resolvi declarar aqui minhas impressões.

Não sei qual a proporção nem como foi feito, mas o blend dos chás das duas origens é genial e funciona perfeitamente. O chá fica extremamente suave sem ser sem graça, alias, longe disso. O chá tem um bom corpo e um sabor que toma conta da boca inteira.
O primeiro paladar é pouquissimamente amargo, mesmo quando se passa do tempo de infusão recomendado na embalagem, ao contrário da grande maioria dos chás. O retrogosto é muito agradável, sendo perceptível em alguns momentos um sabor levemente adocicado e estranhamente refrescante para uma bebida quente.

Por não ser aromatizado, algumas gotas de limão deixam este chá mais refrescante e o sabor azedo do limão equilibra bem com o leve amargor do chá.
Por ser suave, apesar de não deixar de ser encorpado, com leite o sabor do chá desaparece, não sendo a combinação ideal.

Nota? 10 de 10. Ótimo para tomar 10 xícaras ao longo do dia.

3 Comentários

Arquivado em Chá Preto

Thé Vanille Casino

4944607_a1Descrição: Chá preto aromatizado com Baunilha.
Origem: Alemanha
Ingredientes:

88,2% Chá preto (Camellia Sinensis)
Aromas: 10% (dos quais Maltodextrina de trigo)
Extrato de vagem de Baunilha: 1,8%

Tempo de infusão: 3 a 5 minutos
Preço: R$ 4,85
O primeiro aroma, logo quando despejamos a água da chaleira, impressiona. Um cheiro de baunilha extremamente suave, mas que ainda assim encobre o aroma do chá preto.
Esta impressão se mantém ao tomar o chá. O primeiro gosto demonstra uma intensidade um pouco maior do extrato de baunilha, que chega a ser levemente doce, as notas de chá preto aparecem em segundo plano e no retrogosto, sem aquele amargor característico de alguns chás pretos disponíveis em nosso mercado. O retrogosto é equilibrado novamente pela baunilha, que se mostra dominante neste chá desde o princípio.

Apesar da cor escura, trata-se de um chá leve e extremamente fácil de se beber, não sendo necessária a adição de açucar até mesmo para os que não vivem sem ele.

Com sabor de baunilha de verdade, que passa longe do aroma enjoado dos vidrinhos de essências, e de alta qualidade, é um excelente custo beneficio.

4 Comentários

Arquivado em Chá Preto